Comunidades de Mandimba abrangidas pelo corredor de Nacala vão se beneficiar da legalização das suas terras

Realizou-se no dia 03 de Maio de 2018 a cerimónia de lançamento do projeto de apoio a organização comunitária e emponderamento das comunidades na  gestão e utilização sustentável da terra e de outros recursos naturais nas comunidades do Posto Administrativo de Mandimba-Sede, Localidades de Meluluca e Mandimba-Sede, Distrito de Mandimba, implementado pela ORAM com financiamento da iTC-F.

Com este projecto pretende-se beneficiar cerca de 12.170 habitantes (1.999 famílias) em 7 comunidades nomeadamente: Lipuzia, Muita, Lussangasse, Cadauata, Machado, Matope e Namapiri nas localidades de Meluluca e Mandimba Sede na organização comunitária, mitigação de conflitos e promoção de estabelecimento de parcerias para o uso e aproveitamento sustentável da terra e outros recursos naturais. Pretende-se ainda com este projecto, apoiar quatro (04) associações agropecuárias, na sua legalização, capacitação e demarcação das suas terras.

Trata-se de comunidades localizadas no corredor de Nacala, com muita pressão de terra por parte de grandes investimentos para agricultura, concessões florestais e pesca.

O lançamento do projecto foi feito pelo Director Distrital da Saúde, mulher e Accão social (Ezequiel Mário), em representação do administrador do Distrito, tendo na sua intervenção frisado a necessidade de se trabalhar no sentido da sustentabilidade do projecto, e que mesmo depois do término do projeto as comunidades continuem com as acções do projecto.

2018-07-20T15:24:16+00:00May 5th, 2018|Eventos|