No dia 13 de Outubro de 2016, a comunidade de Manzir, com uma área de 1.795,8 hectares e 4.840 habitantes (3.576 mulheres e 1.264 homens), recebeu a Certidão Oficiosa resultante do processo de delimitação das suas terras comunitárias.

Para além da Certidão Oficiosa a comunidade recebeu igualmente a certidão de registo e legalização do Comité de Gestão dos Recursos Naturais (CGRNs), com estatutos já publicados no BR, um mapa de zoneamento geo-referenciado que apresenta os principais usos de terra comunitária e uma Agenda Comunitária de Desenvolvimento com base em Recursos Naturais.

Entrega da certidão oficiosa e outros produtos à Líder Comunitária pelo Gestor Provincial da iTC de Gaza

A actividade enquadra-se no âmbito do projecto denominado “Delimitação de Comunidades para Contenção de conflitos de Terras no Distrito de Bilene” financiado pela iTC e implementado pela ATEDECO, um provedor de serviços da Província de Gaza.

O projecto deveria ter durado 08 meses, de Agosto de 2015 – Março de 2016. Mas, devido ao conflito de limites com uma comunidade circunvizinha, terminou em Setembro de 2016. O projecto teve um orçamento global de 1.842.338.00 MT.

A cerimónia de entrega foi presidida pelo Administrador do distrito de Bilene, Exmo. Senhor Matias Parruque, acompanhado pelo Director dos Serviços Distritais de Actividades Económicas, chefe do Posto Administrativo de Messano e chefe da localidade de Magul.

Visita ao campo de cana sacarina produzida por um investidor estrangeiro em parceria com Associação Agro-Pecuária Akiko de Manzir

A cerimónia de entrega dos produtos foi igualmente presenciada por um membro do Comité Provincial de Acompanhamento (CPA), representantes dos parceiros de financiamento da iTC, nomeadamente, Reino dos Países Baixos, Reino da Suécia e da Cooperação Suíça. Foram convidados especiais, o Banco Mundial e a empresa privada EXI, parceira da iTC no desenvolvimento de metodologias de delimitação de comunidades.

O distrito de Bilene é um dos potencialmente agrícolas devido aos seus solos aluvionares o que tem atraído muitos investidores, facto que tem concorrido para a ocorrência frequente de conflitos de terras entre comunidades e entre estas e investidores, tendo sido esta a principal razão da intervenção da iTC.

A cerimónia foi motivo de muito orgulho e gratidão manifestada pelos beneficiários, dada a importância da garantia de posse da terra, factor importante para o desenvolvimento económico local e atracção de investimentos.